Maná da Segunda - Turista ou Embaixador?

 
From: "Mana da Segunda - " <send01@cbmc.org.br>
Subject: Maná da Segunda - Turista ou Embaixador?
Date: May 13th 2018 3:29p.m.

Unsubscribe Automatically:

MANÁ DA SEGUNDA

MANÁ DA SEGUNDA

www.cbmc.org.br

http://www.facebook.com/groups/CBMCBRASIL

https://soundcloud.com/cbmcbrasil

14 de maio de 2018

Vinte anos servindo às comunidades empresarial e profissional


Turista ou Embaixador?

Por Robert J. Tamasy

 

A maioria de nós gosta de ser turista, visitar novas cidades, até mesmo outras nações.   Não sou tão viajado quanto algumas pessoas, mas já desfrutei de oportunidades para visitar cerca de uma dúzia de outros países.  Sendo turistas podemos ser levados a lugares dos quais apenas ouvimos falar ou conhecemos por fotos.   

 

Lembro vividamente do tempo que passei em diversas cidades da Hungria, por exemplo.  Meus avós imigraram da Hungria, por isso foi interessante ver a “velha terra” pessoalmente.  Também gostei de ir à Alemanha, inclusive à cidade de Giessen, onde nasci.  Ninguém ali se lembrava de mim;  não era de surpreender, já que fui para os EUA quando tinha apenas um ano de idade, mas foi divertido retraçar um pouco da minha história. 

 

As visitas de um turista são geralmente rápidas e o nível de comprometimento bastante baixo.  Nós chegamos para dar uma olhada ao redor, quem sabe tirar algumas fotos, provar a culinária local e talvez comprar lembranças.  Depois voltamos para nossa casa.  Compare isso ao papel de um embaixador, alguém que fixa residência em terra estrangeira por um período de tempo, representando seu país natal.  Eles têm papéis e responsabilidades específicos, agindo com a autoridade que lhes foi confiada. 

 

Eu menciono isso porque 2Coríntios 5:0  oferece uma descrição desafiadora de todos quantos seguem Jesus Cristo, inclusive no mercado de trabalho.  O texto declara:  “...somos embaixadores de Cristo, como se Deus estivesse fazendo o Seu apelo por nosso intermédio...”  Para mim, isto significa que quer eu esteja em um escritório privado, numa sala de conferências, dando um telefonema de vendas, fechando um contrato ou mesmo viajando, meu papel é o de um embaixador por Cristo, representando-O para todos a quem encontro.  Quer eu esteja interagindo com supervisores, colegas de trabalho, clientes ou fornecedores, não estou apenas representando minha organização, mas também Jesus Cristo, como Seu embaixador. 

 

Ser embaixador é um dever que não deve ser encarado levianamente.  Através de nossas ações, bem como de nossas palavras, demonstramos para as outras pessoas o que significa ser um dos seguidores de Jesus.  É uma séria responsabilidade, como 2Timóteo 4:5 declara: “Você, porém, seja moderado em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério.” Isto está escrito para todos aqueles que professam ter “nascido de novo” por meio de Cristo, como Ele disse em João 3:3.  Essas não parecem instruções dirigidas a meros “turistas”. 

 

Mas no sentido prático, o que significa ser “embaixadores de Cristo”?  Encontramos parcialmente a resposta na segunda parte de 2Coríntios 5:20, que diz:  “...Por amor a Cristo lhes suplicamos:  Reconciliem-se com Deus.” Se somos “clientes satisfeitos”, pessoas que têm experimentado a paz, alegria, perdão, graça, amor e misericórdia de Deus através de Cristo, nós temos a obrigação e a responsabilidade de compartilhar o que aprendemos com outras pessoas a fim de que elas também  possam experimentar tudo isso. 

 

Ainda há mais.  Em outra passagem da Bíblia, lemos: “Pois nós somos cooperadores de Deus;  vocês são lavoura de Deus e edifício de Deus” (1Coríntios 3:9).  Nós trabalhamos para ganhar o nosso sustento, utilizar nossas habilidades, talentos e dons e experimentar realização vocacional.  Entretanto, também somos chamados de “cooperadores de Deus”, pessoas que receberam o privilégio de trabalhar em colaboração com Ele para levar adiante Seus planos e propósitos neste mundo.

 

Como embaixadores de Cristo, Ele deseja trabalhar através de nós para demonstrar o que  significa viver de acordo com Seus princípios e com as verdades bíblicas que nos guiam a cada dia.  Isto não é tarefa para um turista!

  

Próxima semana tem mais!


Robert J. Tamasy, é jornalista, editor e escritor, e autor de "Business at Its Best: Timeless Wisdom from Proverbs for Today's Workplace" e "Tufting Legacies" (ainda não traduzidos para o português). Em co-autoria com David A. Stoddard escreveu "The heart of Mentoring" e tem editado numerosos outros livros, incluindo "Advancing Through Adversity", por Mike Landry. Tamasy mantém um site www.bobtamasy-readywriterink.com e um blog atualizados semanalmente www.bobtamasy.blogspot.comTradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2018 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL -  E-mail: adm.mana@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, inglês, italiano e japonês.

Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie e-mail para adm.mana@cbmc.org.br escrevendo "REMOVER" no campo de assunto.


Questões Para Reflexão ou Discussão   

 

1. O que a palavra “embaixador” significa para você?  De que maneira ser um embaixador difere de ser um turista?

2. Na sua abordagem diária no trabalho, você se descreveria como um embaixador de Cristo ou mais como um “turista”? Explique sua resposta. 

3. Quando a Bíblia diz que devemos ser “embaixadores de Cristo” o que você pensa que isso significa na prática?  Quais os obstáculos ou desafios para sermos capazes de cumprir este papel efetivamente?

4. Você já pensou em si mesmo como um “cooperador de Deus”?  Que diferença faz ou faria pensar a seu próprio respeito dessa maneira?

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos Eclesiastes 12:13; 1Coríntios 15:58; Efésios 2:10; Colossenses 3:23; 2Timóteo 3:16-17.   

 

Forward to a Friend
 
 
  • This mailing list is a public mailing list - anyone may join or leave, at any time.
  • This mailing list is announce-only.

Maná da Segunda, é uma edição semanal de textos com situações corriqueiras no dia a dia de trabalho, sempre baseados na Bíblia.

Privacy Policy:

De acordo com a polí­tica do CBMC Brasil seu endereço de e-mail não será divulgada para nenhuma atividade que não seja a de receber o Mana da Segunda ou outras comunicações do CBMC Brasil.

Go back to CBMC Brasil